roberthalf (8)

Gerente de compliance entre os cargos em alta em 2020

Guia mostra cargos em alta em 2020; salários vão de R$ 3,5 mil a R$ 69 mil

Por Claudia Varella

Cargos no mercado financeiro e nas áreas de seguro, tecnologia, vendas e marketing, jurídico, finanças e contabilidade, engenharia e recursos humanos estarão em alta no próximo ano. Esta é a conclusão da 12ª edição do Guia Salarial da Robert Half, divulgado no início deste mês. "Desde 2015 percebemos um arrefecimento na inflação salarial, com políticas de controle de custos promovidas pelas empresas e profissionais desempregados aceitando ganhar menos para voltar ao mercado de trabalho. Por isso, nos últimos anos vimos pequenas oscilações salariais. 2020 deve seguir essa tendência, e os salários não devem ter grandes variações", afirmou Fernando Mantovani, diretor geral da Robert Half no Brasil.

O levantamento apontou que os empregadores valorizam os candidatos e funcionários que busquem, além do salário, possibilidade de crescimento dentro das empresas e pacote de benefícios, entre outros

Saiba mais…

https://cfc.org.br/wp-content/uploads/2019/09/card_carreiras-150x150.jpg 150w, https://cfc.org.br/wp-content/uploads/2019/09/card_carreiras-300x300.jpg 300w, https://cfc.org.br/wp-content/uploads/2019/09/card_carreiras-768x768.jpg 768w" sizes="(max-width: 604px) 100vw, 604px" />

Entre outros destaques da pesquisa, a consultoria mostra que a capacitação é primordial. Recrutadores buscam profissionais preparados, com boa formação e especializações. “De fato, o contador pode considerar a quarta revolução industrial como valiosa aliada e, nesse contexto, estreitar as relações entre a profissão e a educação será fundamental para ajustar as arestas desse processo”, lembra a vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do Conselho Federal de Contabilidade, Lucélia Lecheta.

Lecheta explica que, desde 2003, o CFC possui o Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC), que tem como foco auxiliar na atualização e expansão dos conhecimentos e competências técnicas dos profissionais da con

Saiba mais…

Por Fernando Mantovani

Não entre em pânico! A transformação digital só vai acabar com a sua carreira se você fizer parte do grupo de profissionais que tem resistido a aceitar o fato de que as empresas precisam incorporar soluções de tecnologia aos processos.

O objetivo delas é manter a competitividade, melhorando os resultados da companhia e aumentando a eficiência dos colaboradores. Muitos desses profissionais têm demorado a aderir ao novo momento por falta de conhecimento, por medo de se arriscar a sair da zona de conforto ou receio de errar.

Os cargos estão se transformando

Não dá para negar que, em virtude da digitalização dos negócios e processos, alguns cargos estão deixando de existir, enquanto outros surgem, e essa nova realidade tem gerados muitas alterações nas estruturas das empresas. Para você ter uma ideia, quase metade dos líderes de companhias do Brasil (46%) entrevistados pela Robert Half já sentiu o aumento do turnover na equipe, em decorrência da transformação digital

Saiba mais…

Por Bianca Cestari

Uma das profissões que estão em alta no momento atual é o profissional especializado na área de compliance.

Observa-se que, ainda que existam profissionais formados em administração, engenharia, ciências contábeis e até letras que exerçam a função do compliance com excelente desempenho, é de suma importância a formação jurídica para tanto.

Isto porque, para o compliance é indispensável o conhecimento da lei, e saber aplicá-la, ainda que exista uma diversidade de atuação neste segmento, como elaboração de manuais, treinamentos, e avaliação de riscos.

Mas por que este movimento do compliance está acontecendo no Brasil?

O histórico político, atrelado ao avanço dos negócios, fez a área alavancar nos últimos tempos, o que gerou visibilidade para os profissionais.

Além disto, a evidência destes experts trouxe um aumento significativo no número de pessoas que querem se especializar, e até adquirir a certificação CCEPI - Certified Compliance & Ethics Professional-Internation

Saiba mais…

A preocupação de gestores do Brasil quanto ao processo de implantação do eSocial - projeto que visa unificar o envio de informações do empregado pelo empregador ao Governo Federal - não é novidade. Uma pesquisa da Robert Half aponta que, em 2014, 86% entre 100 diretores de RH do País já previam alguma dificuldade nessa tarefa. De acordo com Lucas Nogueira, gerente de divisão da Robert Half, apesar dos problemas que alguns empregadores vêm tendo com a emissão das guias, é importante ter em mente que a proposta do eSocial é positiva. “Trata-se de uma excelente ferramenta para diminuir a sonegação de impostos no Brasil e, dessa forma, destacar os empregadores corretos, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas”, explica.

Quanto às organizações, o executivo aponta que a eventual falta de conhecimento das normas do eSocial pode se refletir em complicações, que vão desde atrasar a admissão de um colaborador ou até mesmo travar a folha de pagamento. “Uma boa opção nesse período de implantação do

Saiba mais…
Pesquisa da Robert Half aponta que o treinamento da equipe é o principal desafio dos gestores
 
De acordo com pesquisa da Robert Half, o E-Social - projeto que visa unificar o envio de informações do empregado pelo empregador ao Governo Federal - é uma das mais recentes preocupações dos diretores de RH do Brasil. Dos 100 entrevistados no final de 2014, 46% acreditam que a implantação desse sistema é “muito desafiadora” e 40% preveem “alguma dificuldade” no processo.
 
Lucas Nogueira, gerente de divisão da Robert Half explica o desafio da transição para o novo formato. “Apesar de ser um tema importante, ainda há pouca divulgação de informações e isso gera uma insegurança natural”. Ele alerta que as dificuldades de adaptação devem se concentrar apenas nesse período inicial. “Os gestores devem ter em mente que o E-Social é positivo. É uma excelente ferramenta para diminuir a sonegação de impostos no Brasil e, dessa forma, destacar as empresas que trabalham corretamente”, explica.
 
O exec
Saiba mais…

Informação é resultado de pesquisa feita por empresa de recrutamento especialista na área financeira

Os profissionais da Contabilidade lideram o ranking das profissões mais demandadas no Brasil em 2014. A pesquisa é feita anualmente pela Robert Half, empresa de recrutamento especialista na área financeira, e aponta para uma grande procura do mercado por profissionais da área, especialmente para o cargo de gerente contábil, que ocupa o topo da lista. 

Além de listar os profissionais mais procurados, o ranking aponta as tendências do mercado nas áreas de Contabilidade, marketing, recursos humanos, tecnologia da informação e engenharia.  Além da empregabilidade do setor, os pesquisadores da Robert Half identificaram uma alta procura por profissionais qualificados, com inglês fluente e conhecimentos das IFRS (International Financial Reporting Standards - Normas Internacionais da Contabilidade). 

Esta e outras pesquisas sobre o mercado financeiro estão disponíveis no site da Robert Half.

ht

Saiba mais…

Levantamento da empresa de recrutamento da Robert Half aponta quais são as profissões mais demandadas neste ano no Brasil. A pesquisa indica que estão em alta as áreas de contabilidade, mercado financeiro, vendas, marketing, engenharia e jurídica.

De acordo com a Robert Half, os cargos mais demandados atualmente são gerente contábil, gerente de riscos, gerente de vendas, gerente de marketing, engenheiro de vendas, gerente comercial/novos negócios e advogado sênior especializado em consultivo tributário.

O aumento na demanda por estes cargos ocorre em função do momento econômico do País, segundo Fernando Mantovani, diretor de operações da empresa no Brasil. “Em cenários menos favoráveis, a regra é alavancar vendas, controlar custos e melhorar a eficiência das operações”, diz Mantovani.

Confira a lista e os motivos dos profissionais mais procurados:

Finanças e Contabilidade: Gerente Contábil
O mercado de finanças e contabilidade sofre com uma contínua escassez de profissionais que tenham

Saiba mais…