Bloco K - SPED - EFD ICMS/IPI - Obrigatoriedade - Ajuste Sinief nº 10/2014

Altera o Ajuste Sinief nº 2/2009, o qual dispõe sobre a EFD, fixando os prazos para a escrituração do Registro de Controle da Produção e do Estoque para, a partir de:

 

a.1) 1º.01.2015, os contribuintes relacionados em protocolo ICMS celebrado entre as administrações tributárias das Unidades da Federação e a RFB;

 

a.2) 1º.01.2016, os demais contribuintes;

Fonte: Editorial IOB

AJUSTE SINIEF 10, DE 13 DE JUNHO DE 2014

Altera o Ajuste SINIEF 02/09, que dispõe sobre a Escrituração Fiscal Digital – EFD.

O Conselho Nacional de Política Fazendária – CONFAZ e o Secretário da Receita Federal do Brasil, 220ª reunião extraordinária, realizada em Brasília, DF, no dia 13 de junho de 2014, tendo em vista o disposto no art. 199 do Código Tributário Nacional (Lei nº 5.172, de 25 de outubro de 1966), resolvem celebrar o seguinte

A J U S T E

Cláusula primeira Fica alterado o § 7º da cláusula terceira do Ajuste SINIEF 02/09, de 03 de abril de 2009, com a redação que se segue:

“§ 7º A escrituração do Livro de Registro de Controle da Produção e do Estoque, pelos contribuintes a ela obrigados nos termos do § 4º do art. 63 do Convênio S/N, de 15 de dezembro de 1970, será obrigatória na EFD a partir de:

I – 1º de janeiro de 2015, para os contribuintes relacionados em protocolo ICMS celebrado entre as administrações tributárias das unidades federadas e a RFB;

II – 1º de janeiro de 2016, para os demais contribuintes.”.

Cláusula segunda Este ajuste entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União.

Presidente do CONFAZ – Dyogo Henrique de Oliveira p/ Guido Mantega; Secretário da Receita Federal do Brasil – Carlos

Alberto de Freitas Barreto, Acre – Flora Valladares Coelho, Alagoas – Maurício Acioli Toledo, Amapá – Jucinete Carvalho de Alencar, Amazonas – Afonso Lobo Moraes, Bahia – Manoel Vitório da Silva Filho, Ceará – João Marcos Maia, Distrito Federal – Adonias dos Reis Santiago, Espírito Santo – Maurício Cézar Duque, Goiás – José Taveira Rocha, Maranhão – Akio Valente Wakiyama, Mato Grosso – Marcel Souza de Cursi, Mato Grosso do Sul – Jáder Rieffe Julianelli Afonso, Minas Gerais – Leonardo Maurício Colombini Lima, Pará – José Barroso Tostes Neto, Paraíba – Marialvo Laureano dos Santos Filho, Paraná – Luiz Eduardo da Veiga Sebastiani, Pernambuco – Décio José Padilha da Cruz, Piauí – Mário José Lacerda de Melo, Rio de Janeiro – Renato Augusto Zagallo Villela dos Santos, Rio Grande do Norte – José Airton da Silva, Rio Grande do Sul – Odir Alberto Pinheiro Tonollier, Rondônia – Gilvan Ramos Almeida, Roraima – Luiz Gonzaga Campos de Sousa, Santa Catarina – Antonio Marcos Gavazzoni, São Paulo – Andrea Sandro Calabi, Sergipe – Jeferson Dantas Passos, Tocantins – Marcelo Olimpio Carneiro Tavares.

Fonte: Diário Oficial da União – Segunda-feira, 16 de junho de 201 (Página...

http://www.mauronegruni.com.br/2014/06/16/ajuste-sinief-1014-obriga...

Exibições: 3336

Comentar

Você precisa ser um membro de Blog da BlueTax moderado por José Adriano para adicionar comentários!

Entrar em Blog da BlueTax moderado por José Adriano

Comentário de José Adriano em 17 junho 2014 às 13:14

Olá Tiago, ainda não, mas estamos monitorando...

Comentário de TIAGO SQUINZANI TONETTO em 17 junho 2014 às 12:26

Bom dia José Adriano..
Sobre esse protocolo de Icms firmado entre as administrações estaduais e a RFB, você tem informações se já foi firmado? Publicado? Onde consultar?
Abraços

Comentário de José Adriano em 16 junho 2014 às 16:42

Olá Bianca, ainda há controvérsia quanto a obrigatoriedade para os "demais contribuintes" citados no Ajuste 10/2104, pois o § 7º da Cláusula terceira do Ajuste SINIEF 02/2009 havia sido alterado pelo Ajuste SINIEF 33/2013, excluindo do texto anterior a parte "para os contribuintes com atividade econômica industrial ou equiparada industrial". Além disto, o Guia Prático versão 2.0.14 diz que será obrigado para "estabelecimentos industriais ou a eles equiparados pela legislação federal e pelos atacadistas, podendo, a critério do Fisco, ser exigido de estabelecimento de contribuintes de outros setores (conforme Convênio S/N de 1970). "

Comentário de BIANCA BERNARDO DE LARA em 16 junho 2014 às 15:55

Teria uma dúvida, vale só pra industria? ou geral?

Comentário de Antônio Roque Soares Filho em 16 junho 2014 às 15:46

Jose Adriano,
Informação valiosa, estamos exatamente discutindo este assunto por aqui.
Peço se possível mais detalhes sobre este ajuste.

abraços,

Roque.

Apoio

Receba a Newsletter Diária

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

© 2018   Criado por José Adriano.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço